IdeFácil

6 de janeiro de 2014

Deus ajuda Elias

Já escrevi outras vezes sobre essa profeta, que tem importância até os dias de hoje em Israel, por seu caráter, sua formação moral que consiste em: coragem; fé e zelo. Seu mistério é marcado por ação, ou melhor, a ação de Deus através dele. O contexto conhecido de todos nós, quem reina é Acabe e Jezabel, o rei permite a construção de templos a outros deuses. Com isso, Deus promete castigar o povo. Então, envia Elias ao palácio para dar uma notícia ruim (17.1). O rei com certeza não ficou nada feliz com essa notícia e por isso o próprio deus manda Elias de refugiar. Na altura do campeonato Acabe e Jezabel já estavam desobedecendo o principal mandamento que é: "Amar a Deus sobre todas as coisas". Temos que ter cuidado para não colocar outras coisas no lugar de Deus.

No país inteiro não chovia mais. Tudo começou a secar, os rios, as plantações, e já faltava comida a água para o povo. Elias começou a passar por momentos difíceis, mas Deus não o desemparou. Deus enviou a Elias para um lugar onde havia um rio. E todas as manhãs e tardes, corvos lhe traziam pão e carne. Assim Elias era bem alimentado. Essa pequena história do profeta nos lembra daquele que é o pão e água viva (Jo 6.35). Em saber que nos alimenta pela palavra e refresca nossa alma em momentos extremamente difíceis. Assim como Deus cuidou de Elias, cuidará de você também.

A situação em Israel continuava piorando. Elias teve que sair do lugar onde estava, pois o rio havia secado. E agora? Mais uma vez, Deus cuidou de Elias e o manda ir para Sarepta (17.8) ali ordenei que uma viúva para o alimentar. Quando o profeta chegou ao portão da cidade encontrou a viúva, que estava catando lenha. Então Elias disse: "Traze-me... uma vasilha de água para beber... também um bocado de pão na tua mão" (17.10-11). A viúva estava em uma situação muito difícil, pois ela só tinha um pouquinho de farinha e um pouco de azeite, doa quais faria o último pão para ela e seu filho. Mas ela deu para Elias, em obediência a usa ordem. Por obedecer a Deus aquela viúva foi recompensada, pois não faltou farinha na tigela e nem azeite no jarro. Há momentos na vida que parece difícil obedecer a Deus, principalmente quando alguém bate a sua porta para pedir algo para comer, sendo que você tem tão pouco ou quase nada para dar. Mas é importante dar ouvidos ao ensinamento de Jesus: que devemos dar comida a quem tem fome e água quem tem sede. Fazendo assim, o próprio Deus o recompensará (Mt. 6.2-4; 24.35).

Elias ficou em Sarepta por algum tempo, como Deus lhe ordenara (17.9). Naquele período aconteceu algo terrível com o filho da viúva. Ela ficou doente, e acabou morrendo. A sua mãe tão desesperada achando até que a culpa fosse dela. Mas, naquele de sofrimento, ela fez a coisa certa, procurou o profeta de Deus. ele seria a única salvação para seu filho. Elias ficou certamente com muita pena dela, pois disse: "dá-me o teu filho". Elias carregou nos braços e levou-o para seu quarto, onde estava hospedado, e o colocou na cama. Então, Elias fez algo diferente. Ele se deitou três vezes em cima do menino, depois orou a Deus, pedindo-lhe que devolvesse a vida ao menino. Deus ouviu a sua oração, e o menino voltou a respirar. Elias, então pegou a criança e levou para sua mãe.

Podemos ver que em todas as situações difíceis que Elias, a viúva e o menino passaram, Deus os ajudou. Deus usa muitas formas para nos ajudar também: através de sua palavra, que nos alimenta de nos conforta em momentos difíceis; através dos pastores, quando trazem sua mensagem para nós; através de amigos sinceros, prontos a nos ajudar quando precisamos. 

E por último e não menos importante, Deus está nos momentos de maior dor, assim como esteve com Elias (por abandono); fome (os alimentou) e morte (porque ele é a ressurreição e a vida).

Retirado - EBD - 08 à 10 anos

Soli Deo Gloria
Jessé Almeida.