15 de maio de 2010

Elias - O exemplo de Restauração 1Rs. 18

Olá amigos, quanto tempo!

Hoje quero refletir com você sobre um dos maiores profetas do povo de Israel e considerado até hoje pelo seus descendentes.

O nome dele é Elias por quem o próprio Jesus foi confundido quando estava com seus discípulos, ao Noroeste de Jerusalém , naquele bate-papo informal do mestre com seus aprendizes.


 
O episódio que quero chamar a sua atenção e para mim é o mais polarizado da vida dessa profeta, foi o de enfrentar o Rei dizendo-lhe que era ele quem pertubava, pois deixou de adorar ao Deus verdadeiro.

1 - É preciso coragem para restaurar a comunhão perdida
1 Rs 18.17-19

Neste trecho vemos claramente qual é o objetivo e função de um profeta (remontar toda estrutura espiritual do povo). Trazer o povo ao lugar de onde nunca deveria ter saído, debaixo do cuidado de Deus, mesmo que tenha que pagar com a vida,. Ora,Elias estava diante do Rei que poderia, sem sombra de dúvidas, encerrar sua carreira, mas em vez disso ele propõe um duelo. É preciso ter realmente certeza de que o TODO-PODEROSO está no controle, por que todo o exército, polícia, todos os profetas do Rei, todo povo e, logicamente, a honra do Rei estará em jogo.

2 - Para restaurar o altar, precisamos estar do lado de Deus, mesmo que implique ficar sozinho
1 Rs. 18.20-26

O evento se segue, Acabe manda mensageiros e ajunta os profetas no monte carmelo. Elias então como boca de Deus pergunta (imagino o tom dessa pergunta): "Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, sergui-o; se é a baal, segui-o", e você já sabe qual foi a resposta da galera. Diz elias "só Eu fiquei dos de Deus". Na restauração do altar da nossa vida somos levados por Deus as consequências últimas para que tudo o que for feito seja para glorificação do seu nome. Ali estava Elias, o mesmo que momentos atrás estava fugindo, mas gora posto a indagar todo povo acerca de sua situação.

3 - Por último a restauração depende do clamor, esperando que Deus nos preencha com seu fogo
1 Rs. 18.27-40

Ao meio -dia Elias começou a zombar dos profetas de Baal dizendo: "Gritem alto e em bom som". Por vezes queremos clamar a Deus, mas nosso coração está longe Dele, era o que estava acontecendo com o povo quando Acabe se casa com Jezabel (ela leva 450 profetas), o templo é profanado. Quantos deuses no altar do nosso coração tem se erguido? E mesmo assim queremos clamar a Deus? (versão Jessé Atualizada). Logo em seguida, o profeta Elias diz assim: "Olhem para mim". Na verdade existem etapas a serem seguidas para o altar de adoração seja novamente erguido nas nossas vidas:

a) Consagração - edificou um altar a Deus (vv.32);
b) Deixou tudo - O novilho em pedaços - representa nossos conteúdos face a grandeza de Deus (vv.33);
c) Obediência - Fizeram isso três vezes assim como o senhor disse - (vv.36).

O final da história você sabe muito bem, o TODO-PODEROSO responde com fogo do céu e consome todo o holocausto (do grego é morte por fogo). Gostaria de provar esse tipo de morte? Mas saiba que o fogo vem consumir pecados, purificar nossas vidas e nos moldar ao caráter do eterno.

Soli Deo Gloria
Lic. Jessé Almeida
Sec. educação Teológica