28 de dezembro de 2013

Mateus 11.28-30

Olá amigos, depois de muito tempo sem escrever, eu retorno e quero meditar com você sobre os dias maus. o texto que estamos para analisar é o seguinte Mateus 11.28-30, onde o próprio Senhor Jesus confronta os fariseus e seus ritos de meticulosa obediência às leis, mas também as interpretações que tinham delas.

Enfim, porque dias maus? Jesus quer promover uma vida de discipulado, onde aquele que permanece/ou se aproxima dele já possui fardo leve e jugo suave, mas aqueles que estão nas trevas do pecado ou mesmo na escuridão da religião experimentam fardos e jugos pesados. Vou listar pelo menos 2 sentimentos nos quais nosso Senhor é mestre por excelência em "aliviar" (tradução grega de anapausis):

1 - Angústia - A angústia é a sensação psicológica que se caracteriza pelo sufocamento, pelo peito apertado, ansiedade, insegurança, falta de humor, e com ressentimentos aliados a alguma dor. No campo psiquiátrico a angústia é considerada uma doença e precisa ser tratada. Para a psiquiatria, a angústia está muito próxima da depressão, embora que, nem sempre quem tenha angústias periódica pode estar sofrendo de depressão e sim uma manifestação da ansiedade que é o receio do futuro. A angústia também pode estar ligada a causas psicológicas como, complexos, traumas, meio familiar repressores ou desgastantes, podem desencadear sensações de opressão. A angústia somente será considerada uma doença, quando aparecerem outros sintomas, como falta de concentração, tristeza permanente, inquietação, pensamentos negativos. As pessoas que apresentam quadro de angústia e não tem acompanhamento profissional desenvolvem outros distúrbios emocionais, como cansaço físico e mental, comportamento inadequado e baixa auto-estima;

2 - Frustração e/ou futilidade é um sentimento, uma emoção que ocorre quando algo que era esperado não ocorreu. A frustração é quando uma pessoa não está feliz por não ter um desejo satisfeito, mas também existem pessoas quem tem complexo de frustração, aquelas que se decepcionam com qualquer coisa. A frustração ocorre quando uma vontade não ocorreu, independente do motivo, existem fontes internas e externas. As fontes internas podem sentimentos como ser medo e falta de confiança, e isso geralmente a única coisa que se tem a fazer é que a própria pessoa mude. Já as fontes externas, são fatos e condições fora do controle de cada um, como falta de dinheiro, por exemplo. A frustração só ocorre quando existem altas expectativas. Para não ter sentimentos como a frustração, o ideal é não esperar muito das pessoas e das coisas, para evitar se magoar e esperar algo que possa vir a não acontecer.

Quando Jesus afirma que ele o próprio alívio para esses sentimentos, ele está exortando para que vivamos nele, pois os dias maus virão, contudo, não na intensidade descrer Nele ou mesmo nos abalar. Se o amamos guardaremos seus mandamentos, onde é que tenha relação discípulo e Ele, há jugo suave e fardo leve. Com isso, o código de conduto da cristão não é um livro de leis, mas sim a vida de Cristo, ...Aprendeu de mim... com um gesto de mansidão e humildade, pois é ...gentil e manso de coração...



Lancemos sobre Deus toda nossa ansiedade, pois ele tem cuidado de nós.

Soli Deo Gloria
Jessé Almeida.