IdeFácil

18 de março de 2011

Servir é melhor que se orgulhar

Ninguém tem coragem de assumir que é orgulhoso, mas na essência todo ser humano é. 

O orgulho faz com que tomemos o lugar de Deus, com uma auto-glorificação. O homem quer ser Deus, enquanto Deus quer que o homem dependa D'ele. 

Só teremos a capacidade de olhar para nós, a medida que tivermos nosso proceder em confronto com a santidade de Deus, aí sim, a gente se encontra.

Calvino diz isso: "É evidente que o homem nunca atinge o auto-conhecimento verdadeiro sem que antes tenha contemplado a face de Deus, e após tal contemplação, tenha examinado a si mesmo¹".

Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes (Tg. 4.6). O verbo resiste está no tempo presente e na voz ativa, ou seja, mostra que é uma atividade imediata e constante.

Em Marcos 9.33 - Os discípulos andavam com Jesus e você pode ver o que eles estavam constrangidos e ..."aguardavam em silêncio"... porque estavam querendo saber quem era maior dentre eles. Jesus o maior exemplo, responde assim: "quem quer ser o maior, será o derradeiro e todos e servos de todos".  Para estes discípulos Jesus é uma ponte para galgar sucesso. 

Mas Jesus é surpreendente, não proibiu a ambição dos discípulos, mas redefiniu seus desejos. Querem ser maiores: "Sirvam meu povo". Tanto é que ele fecha o capítulo no verso 45: "O filho do homem, não veio para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate de muitos". O orgulho nos impede até de servir, pois no caminho do serviço não há tempo de orgulhar-se. 
 
A única maneira de desmascarar o orgulho é se apegar a redefinição que Jesus nos propõe que está registrado em Marcos 9 e 10.

Quer se ver livre do orgulho? Sirva!

______________________________________________________________________________
1 - Calvino, João, As Institutas da Religião Cristã, Vol.1, pag.38.

Posted on by Jesse Almeida