13 de dezembro de 2010

Danprewan lança livro que fala sobre o "Cristianismo desvirtuado"

Em que momento da história recente os verdadeiros e profundos valores do Cristianismo começaram a ser desvirtuados? Pode-se não saber com certeza o momento exato em que tal processo se iniciou, mas o fato é que os princípios sobre os quais se baseia toda a doutrina cristã estão se perdendo continuamente e rapidamente, a ponto de a juventude muitas vezes não conseguir enxergar na prática e no dia a dia a expressão dos ensinamentos bíblicos e da conduta moral que um cristão deve ter.

POR QUE LER?

Nas últimas décadas, assistimos o surgimento de uma falsa igreja, que vem coexistindo ao lado da verdadeira igreja, e com isso confundindo milhares de fiéis, levando-os a acreditar em princípios, valores e práticas que simplesmente não existem na Bíblia, nem em qualquer ministério verdadeiramente cristão. A imensa responsabilidade que nos cabe hoje é — urgentemente — começar a distinguir radicalmente o joio do trigo, pois as novas gerações devem receber uma colheita sadia para levar adiante a verdadeira palavra de Deus, tal e qual foi ensinada por Jesus aos cristãos.

Nas palavras do autor: “A melhor coisa que um homem ou uma mulher pode fazer por si mesmo e pelo bem comum da cidade e do país onde vive é unir-se a Deus. Ser um com Deus, andar com Deus. Viver no Espírito. Pois negar-se a Deus, dando o primeiro lugar em nossa vida a qualquer outra pessoa, coisa ou condição — seja dinheiro, poder, status ou privilégio social — é concessão ao diabólico. E tem desastrosas consequências pessoais e sociais: a sociedade injusta, os sistemas políticos iníquos e a religião espúria; inclusive, e principalmente, o ‘cristianismo’ diabólico.”

SOBRE O AUTOR:
Segisfredo Wanderley é baiano de Ilhéus, convertido a Cristo na adolescência. Já cristão, quis ser pastor. Estudou Teologia no Seminário Teológico Congregacional do Rio de Janeiro, onde se graduou em 1978. Foi ordenado pastor em 1982. Atualmente, faz parte do quadro de ministros da União das Igrejas Congregacionais do Brasil — UIECB. É casado há 32 anos. O casal tem quatro filhas.

Retirado



Posted on by Jesse Almeida