19 de outubro de 2009

A Autoridade última instância - 1 Pedro 4:11


Qualquer um que proclama fielmente e corretamente a Palavra de Deus vai falar com autoridade.
Não é nossa própria autoridade. Não é nem mesmo a autoridade eclesiástica inscritos para o cargo de professor ou de um pastor na igreja. É uma autoridade ainda maior do que isso. Na medida em que nosso ensino reflete com precisão a verdade das Escrituras, ele tem todo o peso da autoridade do próprio Deus por trás dele. Esse é um pensamento desconcertante, mas é precisamente como 1 Pedro 4:11 nos ensina a lidar com a verdade bíblica: "Se alguém fala, deixá-lo falar como os oráculos de Deus".

Claro que é uma ameaça profunda à tolerância de uma sociedade que ama o seu pecado e pensa de um compromisso como uma coisa boa. Para falar com ousadia e declarar que Deus tem falado com a finalidade não é elegante nem politicamente correto. Mas se acreditamos verdadeiramente que a Bíblia é a Palavra de Deus, como podemos lidar com isso de outra maneira?

Muitos evangélicos modernos, intimidados pelo pós-modernismo procura para latitudinarismo, afirmam que acreditam que a Escritura, mas coíbe de proclamá-la com qualquer autoridade. Eles estão dispostos a oferecer um serviço de bordo para a verdade das Escrituras, mas, na prática, tira-lo da sua autoridade, tratando-o como apenas a opinião de outro no grande mistura de idéias pós-modernas.

Nem a Escritura nem o senso comum vai permitir a tal visão. Se a Bíblia é verdade, então também é autoritária. Como divinamente revelado a verdade, ele carrega todo o peso da autoridade do próprio Deus. Se você afirma crer na Bíblia em tudo, em última análise, você deve se curvar à sua autoridade. Isso significa torná-lo o árbitro final da verdade - a regra segundo a qual toda outra opinião é avaliada.

A Bíblia não é apenas uma idéia de outro para ser jogado no debate público e aceito ou rejeitado como o indivíduo vê o ajuste. É a Palavra de Deus, e ele pede para ser recebido como tal, com a exclusão de todas as outras opiniões.

John MacArthur - (traduzido)
http://www.gty.org/Resources/Articles/A279
Posted on by Jesse Almeida in