IdeFácil

27 de julho de 2009

1 Tessalonicenses

Olá queridos! Esta carta tem sido alvo dos nossos estudos em nossa igreja, sinto-me confortável em compartilhar com vocês, ante a riqueza do texto sagrada.
Para entendermos melhor a carta, a prioi, temos que pautar algumas considerações preliminares acerca de seu contexto histórico-cultural.

Primeiramente, a igreja de situava-se na cidade atualmente conhecida como Salônica, no nordeste da Grécia. Veio a ser um lugar de certa importância quando foi reedificada por Cassandro, que servia a Alexandre Magno como general, e deu à cidade o nome da sua esposa "Tessalônica".

Fundada desta maneira em cerca de 300 a.C., A cidade chegou rapidamente a ser um das pricipais cidades da Macedônia. Em 167 a.C. os romanos tomaram posse da país, e a cidade ficou sendo a capital de uma das quatro áreas em que ele foi dividido. Quando o país inteiro foi organizado como uma única província (a unidade administrativa de romana) em 146 a.C. Tessalônica veio a ser capital, com a isso a sede da administração. A cidade não era só sde da adminstração mais também um importante centro de comunicações, e de comércio por está situada próxima a uma estrada principal romana, via litoral com o qual formava uma conexão com a travessia marítma para a Itália e, portanto para Roma.

Segundo o relato em At. 17, a evangelização da Tessalônica ocorreu durante a segunda das rgandes campanhas missionárias de Paulo. Acompanhado por Silas (Silvano = variação de Silas em grego) e Timóteo, viajaram através da Ásia menor até Trôade e depois fez a travessia para a Macedônia (conforme visão no Cap.16.9). O primeiro lugar que visitaram foi Filipos, e de lá, chegaram a Tessalônica, passando por Anfípolis e Apolônia (cap.17.1). Paulo como de costume segue para Sinagoga (como todo bom judeu), arrazoou sobre a escritura por três sábados! Demostrando não só na escritura, mas também em poder (1.5) que Jesus havia ressucitado dos mortos, e que é o Cristo.

O sucesso de Paulo dispertou a inveja dos judeus que atacaram a casa de Jasom (At. 16.5-6). Os judeus acusaram de Blasfêmia, pois anunciavam outro "Rei", por sua vez os gentios acusavam de traição, já que César era rei (At16.7).

to be continued....



Posted on by Jesse Almeida in