23 de janeiro de 2014

Não tá fácil para ninguém!

Vou começar este post com um comentário de amigo de longa data postou hoje pelo inicio da tarde. Onde contatou que a vida não está fácil para ninguém e se sentiu decepcionado com o ocorreu com ele hoje. Essa declaração dele me fez pensar sobre a obra redentora de Jesus.

Vamos pensar friamente. Gn 1 revela a criação; quem criou; como criou. Partimos do pressuposto que Deus é o criador, sempre. Mas, vem o evangelho de João capítulo 1, dizer que o verbo estava na criação, é amigo não tá fácil para ninguém. Pensar que o verbo estava com Deus e era Deus (mesma substância) mesmo assim esperar a plenitude dos tempos (Gl.4.4) para se revelar em um ventre de uma mulher pura. É ele, sim, estava na glória, os anjos o adoravam, seus atributos completos e vibrantes, mesmo assim ele desce e se faz homem. É amigo não tá fácil para ninguém! e ainda mais passa por todo tipo de privação e provação, diga se passagem, o tempo que Jesus viveu não havia nenhuma facilidade nos termos de transporte, saneamento básico, comunicação, enfim, uma infraestrutura péssima. Mas, mesmo assim ele surpreende a gente. Pessoal, ou vocês esqueceram da cruz, hum... é uma cruz de verdade, pendurado, para que eu e você tenhamos consciência de viver a vida dele, porque ele morreu a nossa.

Não é fácil, ver seu único filho, ao qual ...me comprazo... sendo esfolhado, maltratado, porque eu escolhi assim, e ainda mais satisfazer toda minha ira, contra o pecado, em um único ato de violência. 

Não tá fácil para ninguém, ser o último sacrifício e o mesmo suficiente para perdão de todos os pecados, realmente concordo com meu amigo. 

Quando pensamos nos nossos problemas a luz da cruz, todos os nossos questionamentos são simplórios e efêmeros. 

Soli Deo Glória
Jessé Alemida